Mistério no fundo do mar

Uma estranha criatura foi registradapelas câmeras subterrâneas da Petrobrás. O objeto misterioso deixou os espectadores intrigados e diversas suposições foram feitas. A ideia de uma água-viva parece fazer sentido, mas é possível ver os órgãos e apêndices da criatura e essas partes não compõem as água-vivas.
Outra hipótese é que seja uma placenta de baleia, mas as marcas hexagonais no tecido não são comuns. Alguns ainda disseram que poderia ser uma rede de pesca, mas a criatura parece ter movimento próprio. 

 

Uma estranha criatura foi registradapelas câmeras subterrâneas da Petrobrás. O objeto misterioso deixou os espectadores intrigados e diversas suposições foram feitas. A ideia de uma água-viva parece fazer sentido, mas é possível ver os órgãos e apêndices da criatura e essas partes não compõem as água-vivas.
Outra hipótese é que seja uma placenta de baleia, mas as marcas hexagonais no tecido não são comuns. Alguns ainda disseram que poderia ser uma rede de pesca, mas a criatura parece ter movimento próprio.

Se for uma água-viva, pode ser do tipo Stygiomedusa Gigantea. Esta medusa pode chegar até seis metros de comprimento e só foi vista 114 vezes, em 110 anos. Por isso, cientistas ainda não possuem um conhecimento mais profundo sobre ela, mas garantem que os órgãos e apêndices não fazem parte do animal.Outra sugestão é a Deepstaria Enigmática tipo de água-viva ainda pouco estudada, mas conhecida por ser do tipo incolor. Uma característica dessa espécie é o estômago marrom e as descrições dizem que as passagens do estômago são gumes irregulares, que parecem formar uma rede. Isso explicaria as marcas na criatura, mas novamente não há explicações para as vísceras. 

No vídeo, publicado dia 27 de abril sem legendas ou comentários do usuário, é possível ver o animal em movimento e os detalhes de suas partes. 
Lembrando que, nem 90% dos mares foram explorados ainda. Muitos mistérios nos aguardam.